quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Ranking mundial

O nosso Ministro da Economia hoje estava muito satisfeito por Portugal ocupar o 25˚ lugar no ranking publicado pelo Banco Mundial e que mede a facilidade com que se fazem negócios. Diz o Ministro que Portugal aparece à frente da Espanha, França, Holanda, etc. É verdade. O que o Ministro não diz é que o único critério em que Portugal realmente tem bons resultados (aparece em 10˚ lugar) é a facilidade com que se criam empresas. Não foi isto uma reforma de um anterior governo no quadro de um programa de nome Simplex? O Sr. Ministro esqueceu-se de mencionar este detalhe. Talvez lhe fosse conveniente não o mencionar até porque nos outros critérios Portugal não aparece tão bem colocado: é 89˚ no acesso ao crédito, 64˚ em impostos, 47˚ no acesso à electricidade. Detalhes dirá o Sr. Ministro. Já agora, é verdade que no cômputo geral aparecemos à frente de Espanha (muito gostamos nós de nos compararmos com Espanha em vez de nos compararmos aos melhores, basta estarmos à frente de Espanha e ficamos logo satisfeitos!), mas aparecemos depois dos países Bálticos e até da Geórgia. Atenção às empresas Portuguesas: O Brasil aparece em 120˚, Cabo Verde em 122˚, Moçambique em 127˚ e Angola em 181˚.

Sem comentários:

Enviar um comentário