terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Euro forte ou Euro mais fraco

O debate já é velho em França. Os Franceses sempre adoraram esta discussão, que volta e meia surge. Para Portugal a discussão é pertinente isto num quadro de, talvez nunca antes visto, de clara divisão Notre-Sul na Europa. Num estudo recente publicado pelo Instituto Bruegel, a conclusão aponta para a necessidade de os países do sul só poderem reequilibrar as suas contas através das exportações para países terceiros. O debate reacende em França pois França é apontada como um dos países que tem que seguir este caminho e que portanto não beneficiará com um Euro a valer 1.50USD. Já começa uma vez mais a haver um debate mais tenso entre Hollande e Merkel. E as nossas empresas exportadoras teriam todo o interesse em levantar esta questão publicamente para que um debate se faça. Vale a pena dar uma vista de olhos no mais recente artigo de Jean Pisany Ferry publicado hoje no lemonde. http://www.lemonde.fr/economie/article/2013/02/11/l-euro-fort-fausses-frayeurs-et-vrais-dangers_1830019_3234.html

Sem comentários:

Enviar um comentário